THE RICE EXPERIENCE

let food be the medicine

O Infinito É Como Uma Estação De Televisão

leave a comment »

images

O Infinito é como uma estação de televisão. Envia todos os tipos de julgamentos, pensamentos, conhecimentos, emoções, sentimentos, etc. A alma individual é como uma televisão que se sintoniza a alguns desses julgamentos, pensamentos, conhecimentos, emoções e sentimentos de acordo com a constituição e a condição individual. Desta forma, as almas individuais constroem o seu carácter e o seu comportamento. Logo, a origem da alma individual é o infinito. A que julgamento, emoção ou sentimento nos vamos ligar depende da nossa sintonia. E o que determina a qualidade dessa sintonia são os nossos pensamentos, as acções e a dieta dos nossos antepassados e de nós mesmos. Claro que a nossa dieta é o factor mais eficaz que determina a qualidade do sinal da nossa frequencia.

Quando sintonizamos o julgamento físico, nós (como feto) temos um instinto básico. Assim que o sangue mude para as células, estas primeiras células sintonizam-se recebendo julgamento físico do infinito. Em seguida, o cérebro, o sistema nervoso, os órgãos digestivos e coração são formados e começam a funcionar.

Quando nos sintonizamos com o julgamento sensorial, somos capazes de distinguir cores diferentes, vozes, barulhos e sabores.

Quando nos ligamos ao julgamento sentimental, conseguimos distinguir diferentes emoções como alegria, tristeza, ódio, ressentimento, raiva, felicidade e tristeza.

Quando nos sintonizamos com o julgamento intelectual, podemos estudar vários conceitos do conhecimento – como a ciência. Quando nos sintonizamos com o nosso julgamento social ou económico, tornamo-nos um socialista, capitalista, comunista, político, etc.

Quando nos sintonizamos com o nosso julgamento filosófico, religioso ou dualístico dividimos as coisas em mente e matéria, bom ou mau, certo ou errado, amigo ou inimigo.

Quando nos sintonizamos ao sétimo nível de julgamento, à voz do infinito e da justiça, a nossa alma torna-se universal e o nosso corpo torna-se no infinito. Nesta altura, corpo e alma unem-se. Podemos abraçar tudo.

Baseado num texto de Herman Aihara

Anúncios

Written by thericeexperience

Outubro 1, 2014 às 5:32 pm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: