THE RICE EXPERIENCE

let food be the medicine

Alimentos Integrais Promovem A Saude E Bem Estar

with one comment

food-choice

Ao longo dos anos, tenho vindo a ensinar a ideia de que para a nossa saúde e bem-estar devemos consumir alimentos integrais. As razões parecem óbvias. Alimentos integrais são aqueles que a natureza oferece, com todas as suas partes comestíveis.

Alimentos integrais de origem vegetal incluem frutas e legumes frescos, cereais integrais (milho, arroz integral, aveia, centeio, trigo, trigo sarraceno, quinoa, farinha de milho), feijão e leguminosas (lentilhas, grão de bico, feijão, etc.), nozes e sementes. Alimentos integrais de origem animal incluem ovos, pequenos peixes inteiros, frutos do mar (camarão, lagosta, caranguejo de casca mole) e pequenas aves. Sob este modelo, ao consumir grandes animais (carne de porco, carne bovina, carne de veado), a ideia é usar o maior número de peças possível (músculo, rim, coração, etc.), incluindo os ossos para fazer caldos, para maximizar a ingestão de nutrientes. Comer alimentos integrais garante o consumo da quantidade máxima de nutrientes naturais originais, nas proporções certas.

Por outro lado, alimentos processados são todos os alimentos onde faltam peças originais: hidratos de carbono complexos, refinados, como farinha branca e arroz branco (onde faltam as fibras e os nutrientes encontrados no farelo e no gérmen), adoçantes (açúcares cristalizados, xaropes – onde falta água), óleos, gorduras refinadas e desodorizadas (onde faltam os elementos essenciais). Os sumos de fruta e o Tofu são alimentos processados, que têm sido geralmente considerados saudáveis (onde falta a fibra), tal como o farelo de trigo, o gérmen de trigo (onde falta amido) e os suplementos vitamínicos (faltando macro e micro nutrientes).

Um regime saudável deve incluir pelo menos 70-80% de alimentos integrais. Como podemos duvidar da sabedoria deste conceito? Se os seres humanos são parte da terra, habitantes do ecossistema, onde são programados para sobreviver com o que a terra oferece. Será que o nosso organismo não detecta, quando consumimos alimentos onde faltam alguns dos seus ingredientes originais? Será que ele não irá responder, de alguma forma inesperada, a essa deficiência? Durante muito tempo, a sociedade ignorou esta questão, mesmo que estudos tenham demonstrado conclusivamente que os alimentos processados contribuem para a doença.

Mas, recentemente, tem havido alguns estudos que mostram mais claramente que o corpo pode distinguir entre alimentos integrais e processados, entre nutrientes dos alimentos e nutrientes tomados na forma de suplementos – e que os alimentos integrais têm mais benefícios para a saúde do que os nutrientes isolados.

Por exemplo, os alimentos integrais são mais susceptíveis de proteger contra a doença do que os seus nutrientes isolados. De acordo com Nan Kathryn Fuchs, Ph.D., os grãos integrais dão maior protecção contra doenças crónicas do que qualquer um dos seus nutrientes usado como suplementos. Um dos grandes benefícios de comer grãos integrais é que eles retardam o processo digestivo permitindo, assim, uma melhor absorção dos nutrientes.

Texto baseado num artigo de Annemarie Colbin

Anúncios

Written by thericeexperience

Setembro 3, 2013 às 10:21 am

Publicado em Super Alimentos

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Reblogged this on Rui Mira and commented:
    Simples é Integral…

    Rui Mira

    Setembro 10, 2013 at 10:31 am


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: