THE RICE EXPERIENCE

let food be the medicine

Porque Abandonei A Dieta Macrobiótica Em Prol Do Princípio Unificador

leave a comment »

blind_faith_by_aronback-d4xghy6

Quando Carl Ferré, presidente da George Ohsawa, Macrobiotic Foundation e editor da Macrobiotics Today, vem a público dizer que abandonou a dieta macrobiótica, o mínimo que devemos fazer é dar-lhe ouvidos.

No meu caso, a dieta macrobiótica não funcionou. Fiz uma dieta standard estrita, deixando de consumir os alimentos tidos como impróprios. Depois de anos seguindo o regime padrão vi-me, contudo, sem energia, sem forças para correr e com vários problemas de saúde. Perplexo, interroguei-me: era a minha condição o resultado de uma prática desastrosa ou a consequência de uma dieta que de fato não funcionava?

A minha conclusão, após anos de prática, é que a dieta macrobiótica standard tanto nos pode ser útil como prejudicial. Ela é útil porque qualquer um pode compreendê-la e segui-la. Estão excluídos da dieta os alimentos tratados quimicamente ou excessivamente processados, como o açúcar refinado. Evitar tais alimentos conduz grande parte das pessoas a uma condição saudável. Daí apressadamente se concluir que o que se deve fazer para afastar a doença é ingerir os alimentos permitidos e abster-se dos proibidos.

A dieta macrobiótica standard é altamente prejudicial quando resistimos a mudanças ou recusamos ajuda qualificada porque acreditamos cegamente que a ingestão dos alimentos permitidos nos levará eventualmente à cura. Foi isso que aconteceu comigo. Eu estava convencido da minha melhora. O universo dirigia-me sinais de que era preciso mudar mas, teimosamente, eu mantinha-me firme na dieta padrão. Outro factor prejudicial é o medo infundado de certos alimentos.

A dieta macrobiótica standard está para a verdadeira macrobiótica, como as rodinhas laterais estão para a prática de andar de bicicleta. Logo que nos conseguimos equilibrar, descartamos as rodinhas. Se as instalamos de novo, elas em vez de ajudar, atrapalham. Dá-se o mesmo com a dieta macrobiótica standard. A partir do momento em que aprendemos a usar os princípios macrobióticos, passamos a fazer as nossas próprias escolhas, em vez de seguir cegamente a dieta prescrita.

Quando uma criança aprende a andar de bicicleta sem as rodinhas, recebe uma ajuda preciosa dos pais ou de um amigo, que a encorajam durante certo tempo até que se sinta, segura o bastante, para que os adultos a deixem ir livremente. Na macrobiótica, este encorajamento constitui o trabalho dos educadores, orientadores e amigos macrobióticos.

Em lugar de se continuar a enfatizar a macrobiótica standard, ou mesmo a dependência da opinião de outrem, precisamos estimular as pessoas a abandonar as rodinhas laterais e a confiarem no seu próprio julgamento. Os princípios macrobióticos não são difíceis de aprender e cada um de nós guarda em si uma poderosa intuição. Devemos com ela aprender, confiar e usufruir.

Logo que abandonei as rodinhas laterais (a dieta macrobiótica standard), aprendi a usar os princípios macrobióticos e a confiar em mim mesmo, o medo foi desaparecendo. E com ele as doenças! Continuei a seguir os princípios tanto na selecção dos alimentos diários quanto na de outras práticas saudáveis, e já não temo qualquer alimento da lista proibida. Hoje desfruto a vida sem as rodinhas laterais.

Muitos de nós, baseados em condições pessoais e ambientais, e atentos aos princípios macrobióticos, abandonámos há tempos o arroz integral cozido à pressão. Começámos, também, a ingerir mais saladas frescas, frutas da estação e sucos. Alguém que está a seguir os princípios macrobióticos e a confiar no seu próprio julgamento já fez os ajustes necessários. Alguns precisam de alimentos mais leves; outros, de alimentos mais concentrados. E não esqueçamos que isso pode mudar de dia para dia, de semana para semana, de mês para mês, de estação para estação, de ano para ano.

Em primeiro lugar, aprenda os princípios macrobióticos. Em segundo lugar, aprenda a confiar na sua intuição. Em terceiro lugar, aprenda a reduzir o medo.

Texto retirado do Site Restaurante Metamorfose, no Rio de Janeiro

Anúncios

Written by thericeexperience

Maio 29, 2014 às 9:10 am

Publicado em Consciencia, Personalidades

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: